Pokémons são abusados por treinadores, diz PETA

Pokémon White 2 | Pokémon Black 2 | 09/10/2012 16:39:47 #Pokemon 0 / 1

A organização defensora dos animais PETA, em seu mais recente ataque a jogos de videogame, disse que os Pokémons são abusados pelos seus treinadores: o alvo agora é o game Pokémon Black & White 2, RPG para o portátil DS, lançado em meados do ano no Japão e recém-lançado nos Estados Unidos.

Como forma de protesto, a PETA lançou uma paródia do novo game chamada Pokémon Black & Blue, que propõe a libertação total dos Pokémons das garras de seus donos. No título, os pequenos monstrinhos armam um grande motim contra seus treinadores para provar que eles merecem ser amados, e não aprisionados em Pokébolas.

Na paródia Black & Blue, Pokémons precisam se libertar de seus donos (clique para jogar).

Os dois personagens principais são, obviamente, Pikachu e Ash. Mas o elo que existe entre os dois foi completamente destruído em Black & Blue: Pikachu aparece como líder do motim, enquanto Ash se transforma no último treinador a ser derrotado pelos bichinhos.

De acordo com a PETA, se a organização existisse no universo Pokémon, seu lema seria: "Pokémons não são nossos para uso ou abuso. Eles existem pelas suas próprias razões."

A equipe de defensores acredita que é essa a mensagem que deve ser levada às crianças, pois, assim como animais do mundo real, os Pokémons também estão sendo maltratados e usados para experimentos humanos. As palavras da organização são pesadas: "A maneira como os Pokémons são socados nas Pokébolas é semelhante à forma como os elefantes de circo são trancados dentro de vagões e tirados de lá só para executar truques confusos e que muitas vezes foram dolorosamente ensinados, usando afiadas pontas de aço e choques elétricos."

Trecho da declaração da PETA contra a exploração de Pokémons.

A paródia Pokémon Black & Blue pode ser conferida - e jogada - gratuitamente no site oficial da PETA.

PETA, uma pedra no meio do caminho da Nintendo

A PETA já atacou e parodiou anteriormente uma série de jogos eletrônicos, principalmente os produzidos e distribuídos pela Nintendo.

O ataque mais relevante dos últimos tempos foi contra a roupa Tanooki usada pelo encanador Mario, numa campanha batizada de Mario Kills Tanooki, que apontava que o personagem não se incomodava em assassinar guaxinins para vestir a pele deles.

A campanha rendeu uma resposta oficial por parte da Nintendo, que se defendeu dizendo que o personagem apenas se transforma nesses animais para ganhar diferentes habilidades: "Dentre esses trajes estão incluídos um sapo, um pinguim e até uma versão metálica do próprio Mario. Estas transformações alegres e extravagantes oferecem ao Mario diferentes habilidades e tornam seus games divertidos de jogar."

Outros títulos de destaque alvejados e parodiados pela PETA foram Cooking Mama e Super Meat Boy, transformados, respectivamente, em Cooking Mama: Mama Kills Animals e Super Tofu Boy.

Exemplos de games "amigos dos animais" da PETA.

BETA
Comente pelo facebook
Clique aqui para comentar pelo sistema do gameLib
Leia também
Pokémon White 2 | Pokémon Black 2 | Nintendo DS | 14/05/2014 15:01:43 0 / 0
Pokémon White 2 | Pokémon Black 2 | Nintendo DS | 30/09/2013 15:39:36 0 / 0
Pokémon White 2 | Pokémon Black 2 | Nintendo DS | 26/09/2013 17:13:28 0 / 0
Ficha técnica
Gênero:
RPG
Lançamento:
Não disponível
Desenvolvedor:
Game Freak
Distribuidor:
Nintendo
Plataforma(s):
DS
Continue a história e siga o caminho dos Pokémons.
n/d
n/d
Estamos no Facebook