[Campus Party Brasil] O primeiro ciborgue da vida real!

Enviado por: Lucas Vinicius
08/02/2012 21:36:19 #Campus Party #Ciborgue 0 / 0

Lembra quando assistíamos a Robocop e a todos aqueles filmes de ficção científica e pensávamos em como seria se homens e robôs se unissem definitivamente?

A cada passo que a ciência dá, nós nos aproximamos mais dessa realidade, e um rapaz parece estar disposto a tornar os ciborgues parte do nosso dia-a-dia.

Neil Harbisson, londrino de 30 anos, sofre com uma doença chamada acromotopsia, que faz com que ele veja tudo em preto e branco. Em 2004 ele implantou o eyeborg, aparelho que "lê" as cores e as transforma em frequências que Neil traduz.

Será possível essa combinação?

Neil sempre gostou de artes, começou a compor música no piano com 11 anos. Aos 16 entrou para o Instituto Alexandre Satorras para estudar artes e teve a permissão de fazer todos os seus trabalhos em preto e branco.

Em 2003, cursando seu segundo ano na Dartington College of Arts, conheceu Adam Montandon em uma palestra sobre extensões sensoriais por meio da cibernética. Neil conversou com Adam sobre seu problema e os dois começaram a desenvolver o eyeborg.

Hoje, Matias Lizana, um estudante universitário, está desenvolvendo um novo eyeborg em formato de chip para Neil implantar na testa e poder ouvir as cores em estéreo.

O título de ciborgue foi dado a ele quando em 2004 sua renovação de passaporte foi rejeitada, por causa da sua fotografia. Nela aparecia o eyeborg bem no meio de sua testa, o que não era permitido pelas leis. Neil teve que mandar várias cartas dizendo que aquele aparelho fazia parte de seu corpo, que ele era um ciborgue.

A verdadeira cultura ciborgue

Mesmo assim continuaram a negar, ele teve que mandar várias cartas com depoimentos de seu médico, seus amigos e de seus colegas tentando ajudar. Depois de semanas negociando, seu passaporte foi aceito.

Neil explica que ele se tornou um ciborgue quando seu cérebro criou uma nova função sensorial por causa do eyeborg: "Não é a conexão entre o aparelho e minha cabeça que me faz um ciborgue, é conexão do software com o meu cérebro."

Em 2010, Neil se uniu à Moon Ribas para montar a Fundação Ciborgue para ajudar outras pessoas a se tornarem ciborgues também. Seus alvos principais são aumentar os sentidos humanos (como visão e audição) criando e aplicando extensões cibernéticas ao corpo e lutar pelos direitos dos ciborgues.

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
Murasame em 28/02/2012 16:48
Aí daqui a uns anos vai ser que nem o filme do Exterminador do Futuro ¬¬
0 / 0
LuiszinN em 11/02/2012 16:48
Que inútil nada a ver...
é por isso que o gamilib ñ tem + tantos acessos
como o antigo gamelib que estava muito melhor
0 / 0
Mvx em 09/02/2012 16:58
MrGame disse:
Eles já estão dominando o mundo. Eu sou um, por exemplo.

Primeira regra dos Ciborgs. Não fale sobre os Ciborgs!

You're dead!
0 / 0
MrGame em 09/02/2012 13:54
Eles já estão dominando o mundo. Eu sou um, por exemplo.
0 / 0
A em 09/02/2012 07:43
eles precisam tomar cuidado senao os ciborgs vao acabar dominando o mundo...
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Top Games
Estamos no Facebook