Valve altera cláusulas do Steam e gera polêmica

Enviado por: NUB
01/08/2012 11:33:06 1 / 0

A Valve atualizou o acordo de prestação de serviço do Steam, o qual deve ser aceito pelos usuários antes de fazer uso do sistema.

O problema é que a atualização alterou algumas cláusulas, e agora proíbe que ela seja processada publicamente pelos usuários. Confira.

 

A Valve atualizou o seu acordo de prestação de serviços Steam com cláusulas que já causaram controvérsia nos players.

O problema todo está sendo gerado por uma cláusula que impede que o usuário do serviço processe a empresa publicamente caso se sinta lesado de alguma forma, e a Valve não é a única com este tipo de acordo com o cliente.

A Microsoft, a Sony e até a Electronic Arts também colocaram nos seus novos termos de acordo dos serviços a proibição dos clientes de poderem entrar com processos conjuntos contra as companhias ou até individual em tribunais.

A Valve comenta que os casos levados ao tribunal só servem para dar dinheiro fácil aos advogados e são uma perda de tempo, na sua maioria.

A Valve diz: "As ações de grupo como estas não nos beneficia nem às nossas comunidades. Pensamos que este novo processo de resolução de disputas é mais rápido e melhor para si e para a Valve, evitando custos desnecessários, e que, portanto, beneficia a comunidade como um todo".

Isto significa que se algo der errado com o serviço Steam e o consumidor, o processo contra a Valve não será resolvido em tribunais, mas sim em um processo de moderação privada, sem qualquer interferência pública.

A Valve promete compensar monetariamente os custos da moderação arbitrária, até um valor, isto se a queixa não for algo fútil ou os custos forem fora do normal.

Então, se quiserem continuar com o serviço Steam, não existe outra alternativa senão aceitar esses novos termos.

BETA
Comente pelo facebook
Clique aqui para comentar pelo sistema do gameLib
Top Games
Estamos no Facebook
Quem já curtiu isso