Razer Mamba, 5600DPI de precisão

Enviado por: Troqui
03/02/2011 12:59:27 1 / 0

Fundada em 1998, a Razer é sinônimo de exclusividade. A "grife" produz acessórios de PC de última geração com vantagens que você não verá em nenhum outro concorrente. São mouses, teclados, controles e até um notebook totalmente touch.

Já analisamos o headset Megalodon, e agora é a vez do Mouse Mamba, o mouse wireless mais rápido do mundo, segundo a própria Razer. Vamos descobrir se isso é verdade.

Características:

  • Dual mode: Jogue com ou sem fio
  • Razer Synapse: Memória On-board
  • Sete botões programáveis
  • Precisão: 5600DPI
  • Tempo de resposta: 1ms
  • Duração da bateria: 14 horas (jogando direto); 72 horas (uso normal)

De cara, o que mais destaca o Mamba é o seu Design. Ostentado em uma caixa transparente de acrílico, as curvas quase sexys do mouse chamam a atenção. É quase um lance de veneração; você vê aquilo no pedestal e automaticamente já se vê fazendo uma reverência, mais ou menos o que acontecia no antigo Egito com a rainha Cleópatra. Talvez daí tenha vindo a inspiração para o Mamba, quem sabe?

Ao abrir a embalagem, a frase "Welcome to the cult of Razer", em português "Bem-vindo ao culto Razer" aparece. E é bem isso o que acontece. Após experimentar um device da empresa, fica difícil voltar à vida normal dos mouses de 800DPI da vida.

Explorando mais a "caixinha", você logo descobre ótimas surpresas na parte de baixo. O compartimento onde fica a bateria, outro onde fica o caso USB e o terceiro, onde fica o charging dock. Sim! Diga adeus às pilhas dos seus mouses antigos. O Mamba utiliza uma bateria de 900 mAh, o suficiente para 14 horas de jogo ininterruptas, segundo o fabricante. Nós não tivemos a coragem de botar isso a prova, afinal 14 horas de jogo é muito tempo. No entanto, durante os testes, ela aguentou bem e não chegou nem a precisar de outra carga.

Ao botar o "bichinho" pra funcionar pela primeira vez, não tem como não notar a luz de LED azul proeminente do dispositivo, principalmente do seu scroll. Em lugares sem muita luz, aquilo dá um efeito de cair o queixo.

Mas, para quem pagou uma pequena fortuna por um dispositivo como este, será que somente a estética é suficiente? Claro que não. O principal motivo pelo qual alguém vai desembolsar mais de US$ 100 é para ter vantagem sobre os outros pobres mortais que não têm os tais 5600DPI.

O primeiro contato da mão com o Mamba pode ser estranho para os não acostumados a mouses com mais de 3 botões. Ele possui outros quatro botões adaptáveis a alguns comandos dos jogos. Você pode, por exemplo, esfaquear seus inimigos em "Call of Duty" com um desses botões ao invés de ter que apertar a letra E do teclado. Para alguns, isso faz diferença.

Navegando na internet, os botões do mouse se tornam extensões do seu Browser. Fica mais simples voltar ou avançar entre as páginas. Os outros dois botões localizados em cima do aparelho servem para aumentar ou diminuir os DPIs. Isso é interessante em alguns momentos que exigem mais precisão, como por exemplo, na hora de atirar com uma sniper.

A pegada do mouse é sensacional! Poucos devices são tão bem produzidos anatomicamente quanto o Mamba, o que acaba aliando design a praticidade, ponto pouco explorado em diversos outros mouses do mercado.


Testes
Apesar de ter o fogo em gaming, seria impossível resistir à sensação de testar o Mamba em outras aplicações. Foi exatamente o que fizemos:

Photoshop
Às vezes, o excesso de precisão pode ser um empecilho. É natural ver dispositivos mais precisos não serem aproveitados ao máximo por usuários que não estão acostumados. Supreendentemente, esse não é o caso do Mamba. Além de fornecer máxima precisão, foi bem fácil escolher entre as inúmeras ferramentas do programa da Adobe. Só não digo que o Mamba é melhor do que uma tablet porque aí seria forçação de barra.

Navegação em geral
Se o Mamba passou no teste de fogo no Photoshop, não precisa nem dizer que a navegação, tanto no sistema operacional quanto nos browsers, foi perfeita, certo? Pois é. Sem surpresas.

Left 4 Dead 2
Logo que peguei o mouse pra testar, pensei: "Que se dane, eu vou é para a ação!" E foi o que eu fiz. Cai em uma sala Versus com 20 jogadores simultâneos, ou seja, se o cara não for bom, vai ficar para trás.

Estranhei um pouco no começo, mas em menos de 20 minutos lá estava eu caçando Hunters pelos telhados da The Parish. Eu nunca fui de matar esses bichos rápido, mas o Mamba me deu a precisão que estava faltando aos meus tiros e logo fui chamado de "cheater" pela galera.

Counter Strike Source
Apesar de ser a mesma engine, aqui eu sofri bastante. É bem difícil controlar uma AWP da vida com todos esses DPIs, sua mão precisa ser tão boa quanto a de um cirurgião. Mesmo baixando os DPIs do mouse, não senti muita diferença na hora de mirar e fui presa fácil para os viciados alheios. Me parece ser mais uma questão de costume do que técnica, então, com mais algumas horinhas de jogo, a coisa deve ficar boa.

Conclusão
O mouse Razer Mamba é para poucos. Talvez, o motivo de toda essa exclusividade seja esse alto valor. Não diria que ele vale todo esse dinheiro, até porque você consegue desempenho semelhante com dispositivos bem mais baratos. O que fica claro é que você está comprando mais uma marca do que um simples mouse, o que, para alguns, é até melhor.

Se esse é o seu caso, não hesite em ir atrás do Mamba. Ele não decepciona em nenhum quesito.

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
weslley em 13/02/2011 15:31
Ae redação me empresta ae um! kkkk
0 / 0
MrGame em 12/02/2011 11:11
Isso é muito bonito.
0 / 0
MrGame em 12/02/2011 11:11
Isso é muito bonito.
0 / 0
marcela em 08/02/2011 21:58
noooooossssssaaaaa

que loco!

mas deve ser meio complicado...
0 / 0
Kleeber' em 04/02/2011 14:08
Legal..
0 / 0
Édi_rpg em 03/02/2011 23:34
Este aí é patrocinado pelo "Snake" Metal Gear Solid.
0 / 0
Ramon Soares em 03/02/2011 19:42
quando vão me enviar pra eu fazer minha review no blog do ramao. rsrs
0 / 0
maikiny em 03/02/2011 19:06
estou loko pra comprar um desse
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Top Games
Estamos no Facebook
Quem já curtiu isso