Matéria especial de "Pro Evolution Soccer 2011"

Por: Renato12
Pro Evolution Soccer 2011 | 28/02/2011 17:06:28 3 / 1

"Pro Evolution Soccer" é uma das franquias de games mais famosas do planeta. Criada e produzida pela Konami, o game vende milhões de unidades no mundo inteiro todos os anos cuja ideia é sempre lançar uma edição que supere a anterior (um dos poucos jogos com mais de 10 versões e que vende loucamente até hoje). E não dá para falar em game de futebol sem citar o Brasil que tem alguns dos melhores jogadores do planeta. O nosso país é um dos nomes mais conhecidos no esporte e ultimamente anda sendo um dos mais falados também no mercado de games.

O volume de venda de games originais e oficiais ("não contrabandeados") vem aumentando ano a ano e isso está despertando o interesse das empresas de games. Por isso, de olho nos brasileiros apaixonados por futebol virtual, a Konami trará na edição 2011 todos os times da Copa Libertadores da América. E esta novidade vem acompanhada de uma das maiores reestruturações gráficas jamais feitas em PES. Mudou quase tudo como conheciam os fãs! E para mostrar tudo isso, eu fui convidado a viajar até o Japão para conferir tudo diretamente com os produtores, e querem saber? Eu adorei!

Durante os dois dias em que pude entrar no imenso prédio da Konami que fica em Midtown, uma junção de diversos edifícios comerciais que fica no bairro de Roppongi em Tóquio, foi possível conferir os passos mais importantes da produção do game. No primeiro dia, depois de sermos orientados a não fotografar áreas secretas (eles estavam produzindo Metal Gear Rising no mesmo local de PES 2011, incrível!) a nossa visita começou pelo chamado Mo Cap, o estúdio de captura de movimentos, onde nos foi mostrado como são feitos os movimentos aplicados ao jogo. A tecnologia é a mesma usada em filmes de Hollywood, onde um dublê vestindo uma roupa cheia de sensores em cada um de seus músculos, tem seus movimentos "capturados" por 16 câmeras a sua volta. Com estes movimentos gravados, os programadores dão vida aos jogadores que são reproduzidos digitalmente.

Em "PES 2011", o produtor da série, Shingo "Seabass" Takatsuka, usou dois termos para resumir o novo game: "Realismo e Mudança". Por isso, todos os jogadores nesta versão foram remodelados para que ficassem mais realistas. E para isso foram usadas fotos de cada um dos jogadores que tiveram até mesmo suas expressões faciais copiadas. Agora além das expressões típicas, você ainda terá uma série de outras relacionadas diretamente ao que acontece na partida, com a situação do estádio, com a rivalidade com o time adversário, etc... Um jogador cansado terá cara de esbaforido, um triste ficará cabisbaixo e com cara de chateado, e assim vai. Com estas melhorias visuais, o game ficou mesmo mais parecido com um jogo de futebol de verdade.

A continuação do tour pelo prédio da Konami nos levou até os estúdios de som onde são gravadas todas as vozes e efeitos sonoros do game. Por lá eles produzem apenas a narração em japonês, enquanto que outros idiomas são gravados em estúdios apropriados ao redor do planeta. Eles nos disseram lá que os sons da torcida são gravados em estádios de futebol de verdade. Mesmo assim os jornalistas presentes receberam um convite dos diretores do estúdio  para gravar duas torcidas que serão incluídas na versão final do game. Essa parte foi uma das mais divertidas da visita. Um dos estúdios que mais chamou a atenção foi o Sound Effect Studio, como o próprio nome diz, é o local onde são feitos todos os efeitos sonoros dos games da empresa. Uma sala cheia de objetos, sapatos velhos, chuteiras, roupas velhas, caixas de areia e cimento para simular os sons de um jogo de futebol (ou uma guerra se estivermos falando de Metal Gear!). O operador desta sala é um cara de roupa velha e calça de agasalho usando objetos para fazer sons daquilo que vemos no game. O microfone super sensível conectado a uma mesa cheia de botões talvez fosse a única coisa realmente nova e moderna dentro deste  curioso estúdio.

O ponto alto da visita aos estúdios da Konami foi mesmo o décimo andar, onde são programados os games da empresa. Lá conversamos com programadores que nos explicaram todos os detalhes de "PES 2011". Nas mesas de cada um dos programadores havia uma lousa onde eles anotavam a localização de atacantes, defesa e regras de comportamento para uma série de novas rotinas de IA (inteligência artificial).

Existem três novas rotinas de IA que garantem ao jogador um novo nível de desafio e realismo:

  • Pressão do jogador com a bola;
  • Marcação cerrada para deter o jogador;
  • Defesa, onde o jogador cuida de sua própria zona.

Cada um destes papéis é definido pelo "computador" e usuário dependendo unicamente da distância em que o jogador está da bola. Existe um "medidor de pressão" que o gamer poderá escolher durante a partida e que definirá o papel dos jogadores em campo. Por exemplo, colocar a pressão no máximo deixará o time adversário sofrer uma marcação pesada de até quatro jogadores em cima daquele que tem a posse de bola. O mesmo acontece com o goleiro que não tem como objetivo "correr atrás da bola" como nas versões anteriores, mas sim proteger o gol. Com estas novas rotinas, o gamer terá muito mais decisão em cima das jogadas e da estratégia.

Além disso, as novas sequências de dribles e fintas não foram adicionados "apenas para se mostrar" (Seabass vivia dizendo isso!) porque agora você tem que usar estas técnicas para se desvencilhar dos atacantes de forma muito mais decisiva. Tanto que você precisa decorar uma série de novos comandos no controle e programar aqueles que mais gostar no botão direcional direito que não era muito usado nos jogos anteriores. Soma-se a isso a chance de mudar a velocidade do jogo que pode ser cadenciado, médio ou rápido. E você ainda pode ver tudo com  ângulos de câmera que imitam perfeitamente aqueles das transmissões ao vivo em um novo modo chamado Broadcast.

Quem esteve presente pôde curtir uma tarde inteira jogando o novo game e chegamos a conclusão: é difícil pacas! Antes da jogatina começar, Seabass deixou claro para todos que os controles ainda não estavam calibrados e a IA dos adversários estava bem alta. Assim, quando o time inimigo marcava o primeiro gol, ele automaticamente aprendia como nos derrotar e assim sucessivamente se dava uma sequência de goleadas. Mesmo você sendo um veterano de "Pro Evolution Soccer" prepare-se para aprender um monte de coisas novas. Mas em relação ao gameplay, talvez o que se destaca é a barra de energia abaixo de cada jogador. Agora passes longos e curtos usam essa barra que se enche dependendo da pressão dos dedos no controle. Além de poder chutar para qualquer ângulo, você precisa "mirar" a bola no outro jogador do seu time antes de dar o passe. Isso porque passes fracos ou sem direcionamento correm o risco de chegar aos pés do adversário e não no seu.

Uma das coisas que me incomodou durante o teste foi o fato de que quando segurava o botão demais, a barra de energia se enchia, o toque era dado, mas o restante da barra que não havia sido usada aparecia no jogador seguinte que acabava por chutar a bola em qualquer outra direção já que com a rapidez do toque, eu nunca estava preparado para dar o passe seguinte.


Para jogar este novo game é preciso se sintonizar novamente, aprender cada passe e novas funções. Seabass e sua equipe de produção deixaram bem claro que as funções de "PES 2011" seriam balanceadas até sua versão final. Dentre os cerca de 15 times acessíveis para teste estava o Internacional de Porto Alegre, o primeiro time brasileiro adicionado oficialmente ao "PES". Para nos deixar com ainda mais água na boca, os produtores declararam que existem ainda muitos segredos relacionados ao "PES 2011" como o funcionamento detalhado da Master League Online que provavelmente terá ainda mais opções de customização, uma série de novas estratégias que serão colocadas automaticamente (ou pelo jogador) quando o time estiver perdendo para tentar aumentar a vantagem tática, além de outros modos de jogos que estão guardados a sete chaves pela empresa, sabemos que elas existem, mas ainda não foram confirmadas.

A visita a Konami serviu mesmo para mostrar que tudo aquilo que foi prometido pela equipe de produção está mesmo sendo cumprido. A ideia de tornar a experiência dos jogadores muito mais realista e livre trará um gameplay diferente e novo que certamente acrescentará elementos importantes aos jogos. Se a maioria vai gostar ou odiar este novo estilo só o tempo vai dizer, mas se você perguntar a minha opinião eu lhe direi que o game para mim é um avanço relacionado a todos lançados anteriormente

Renato12.

Fonte: http://www.egw.com.br/conteudo.php?id=2860

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
heitor00888 em 08/07/2011 10:56
0 / 0
Ironrafas em 25/05/2011 20:07
Caramba, o jogo está legal msm, muito bom, mas axo qui o Pes ta ficando meio xato di jogar, né, bem qui a konami poderia se superar muito mais no Pes 2012, se tiver!!!
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Leia também
Por: weslley
Pro Evolution Soccer 2011 | Playstation 3 | 10/06/2011 14:26:56 2 / 0
Por: uchoaman
Pro Evolution Soccer 2011 | Playstation 2 | 12/05/2011 18:08:17 1 / 0
Por: sergio sampa
Pro Evolution Soccer 2011 | PC | Playstation 2 | Playstation 3 | PSP | Xbox 360 | 11/03/2011 11:00:07 2 / 2
Ficha técnica
Gênero:
Esporte
Lançamento:
30/11/2010
Desenvolvedor:
Konami
Distribuidor:
Konami
Plataforma(s):
PSPPS3PS2Wii360PC
Versão 2011 do game de futebol idolatrado por nós brasileiros. A maior das novidades é a disputa pela Copa Libertadores. Conquiste a América com o novo jogo da Konami.
7.9
8.2
Estamos no Facebook