Análise Assassins Creed BrotherHood

Por: ejp9
Assassin's Creed: Brotherhood | 28/05/2011 16:30:28 2 / 0

Buon giorno il mio amico, irei apresentar hoje uma análise do jogo Assassins Creed Brotherhood, esta é a minha primeira e espero que vocês gostem.

Nome do Jogo: Assassin’s Creed Brotherhood

Gênero: Ação/Aventura - mundo aberto

Produtora: Ubisoft

Plataforma: Xbox360, PS3 e PC

Modo de Jogo: Single e Multiplayer

Lançamento: 19/11/2010

 

INTRODUÇÃO

O jogo é o terceiro de sua franquia Assassins Creed, é um jogo de ação-aventura em terceira pessoa mantendo o estilo Sandbox (mundo aberto), o jogador controla o assassino Ézio através de memórias genéticas de Desmond Miles utilizando a Animus 2.0. Dos três jogos é o único a oferecer o modo multiplayer sendo que o jogo contém legendas em português nos menus e nos diálogos. A Itália de 1500 é o cenário perfeito para um assassino com sede de vingança, as ruas de Roma estão repletas de médicos, artistas, cortesãs, mendigos e barões, é onde Ézio Auditore de Firenze tenta destruir o exército Borgia e os Cavaleiros Templários para recuperar a “Maçã do Éden”.....

HISTÓRIA

O jogo começa logo após os eventos de Assassins Creed II em 1499 quando a Villa Auditore (Monteriggioni) é atacada por Cesare Borgia e seu exército. Seu tio Mário é morto durante a batalha e a Maçã do Éden é roubada. Então o jogo avança no ano de 1503, onde Ézio é um Mestre Assassino e deve procurar pelos assassinos de seu tio e impedir que os Cavaleiros Templários pegue as “Peças do Éden”

Ézio agora não está sozinho, como o próprio nome diz “Irmandade”, nosso amigo poderá recrutar novos assassinos que irão ajudá-lo em sua missão, e você também poderá mandá-los em missões ao redor do mundo para evoluírem e ganhar pontos de experiência e assim proporcionando novas habilidades, armas, armaduras e roupas.

Para liberar novas missões e oportunidades Ézio terá que conquistar e destruir as Torres do Exército Borgia, e cada região tem uma dificuldade representada por estrelas que vai de 1 a 5.

 

PERSONAGENS

Desmond Miles

Desmond Miles, também referido pela Absterço como Subject 17, é o principal protagonista da franquia Assassin's Creed e descendente de uma longa linhagem de ancestrais que juram lealdade à Ordem dos Assassinos. Inicialmente, ele é forçado a usar uma máquina, chamada Animus, criada pelas Insdústrias Abstergo -- Versão moderna dos Templários -- para liberar as memorias de seu ancestral,  Altair lbn-La'Ahad, durante a era das Cruzadas, na sua busca para localizar a "Apple", uma Peça do Eden.

Eventualmente escapando com a ajuda dos Assassinos modernos, Desmond usa mais uma vez, uma versão melhorada do Animus, para explorar as memórias de outro acestral, Ezio Auditore da Firenze, e também para aprender as técnicas dos Assassinos de uma maneira mais rápida do que o normal.

 

Ézio Auditore

Desmond Miles quanto Sujeito 16, ele não sabia sobre sua herança asassina até seus 17 anos, quando, após o assassinato de seu pai e dois irmãos,Federico e Petrucio, Ezio fugiu da província italiana de Florença - sua cidade natal - e se refugiou na cidade de Monteriggioni na região da Toscana na Villa Auditore o Auditore da Firenze (nascido em 1459) foi um nobre de Florenza durante o Renascimento italiano e, sem saber a maioria dos historiadores e filósofos, um influente membro da Ordem dos Assassinos. Um descendente de Altair lbn-La'Ahad e ancestral.

 

Mario Auditore

Mario Auditore (1434 - 1499) foi o irmão mais velho de Giovani Giovani Audiore e tio de Ézio, Federico, Petrucio e Claudia. Como seu irmão, ele era um assassino, mas preferiu combate e manobras de grupo em vez de infiltração e furtividade. Ele havia se tornado um condottiere (uma espécie de mercenário), liderando um grupo considerável de mercenários para lutar contra os Templários escondido entre a nobreza local. Ele provou ser um valioso aliado para o seu sobrinho Ezio (que ele se refere como nipote, italiano para 'sobrinho') e treinado para melhorar suas habilidades de combate em Monteriggioni.

 

Leonardo Da Vinci

Leonardo di ser Piero da Vinci foi um polímata italiano, uma das figuras mais importantes do Alto Renascimento, que se destacou como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta, músico, engenheiro, inventor, geologista, bonatista e escritor.

Em Assassin's Creed II, era bom amigo de Ezio. Seu papel principal no jogo é decifrar as páginas do codex, e com elas construir novos equipamentos para Ezio. Também inventou a Máquina de Voar, que Ezio usa para assassinar Carlo Grimaldi.

 

Nicolo Machiavelli

Nicolau Maquiavel, em italiano Niccolò Machiavelli, (Florença, 3 de maio de 1469 — Florença, 21 de junho de 1527) foi um historiador, poeta, diplomata e músico italiano do Renascimento. É reconhecido como fundador do pensamento e da ciência política moderna, pelo fato de haver escrito sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser.

 

Claudia Auditore

Claudia Auditore da Firenze nasceu em Florença, a filha de Giovani e Maria Auditore da Firenze e irmã de Federico, Ezio e Petrucio.

 

Maria Auditore

Maria Auditore da Firenze (née de 'Mozzi) foi a esposa de Giovani Auditore, um proeminente banqueiro e membro da Ordem dos Assassinos. Ela é mãe de três filhos - Federico, Ezio e Petruccio - e uma filha, Claudia, e cunhada de Maio Auditore.

 

Caterina Sforza

Caterina Sforza (1463 - 28 de maio de 1509) foi condessa de Forlì e Imola ea filha de Galeazzo Maria Sforza. Ela se casou com o sobrinho do papa, Girolamo Riario, com apenas 14 anos de idade. Ela é descrita como um feroz, mulher forte, com uma boca suja, mas também parece ser bastante maternal e carinhoso. Suas ações de ser boca suja foram retratados durante a Batalha de Forli.

 

Cesare Borgia (Vilão)

César Bórgia, Duque de Valentinois, (Setembro de 1475 - 12 de Março de 1507), Cesare Borgia, Duca Valentino em italiano, foi um príncipe italiano da Renascença européia. Filho de Rodrigo Bórgia,com Vanozza Cattanei.

 

Rodrigo Borgia (Vilão)

“Ele é Rodrigo Borgia: um dos homens mais poderosos em toda a Europa, e lider da Ordem dos Templários”.

?Mario Auditore, comentando sobre Borgia.

Rodrigo Borgia é o Grão-Mestre da Ordem dos Templários durante a Renascença italiana. Foi eleito Papa em 1492, como Alexandre VI. Seus inimigos os chamavam de "O Espanhol" refletindo suas origens espanholas. E seus seguidores o chamavam de "Maestro" (Mestre, em Italiano e Espanhol). É o principal antagonista de Assassin's Creed II.

 

Lucrézia Borgia (Vilã)

Nasceu em 18 de abril de 1480, na Comuna de Subiaco, perto de Roma. Vanozza Cattanei. Lucrécia Bórgia foi a filha ilegítima de Rodrigo Borgia, um importante personagem espanhol do Renascimento, que viria a se tornar o papa Alexandre VI. O irmão de Lucrécia foi o conhecido déspota César Borgia. A família Bórgia acabou por representar na história a política maquiavélica e a corrupção sexual consideradas como características dos papados no período do renascimento.

 

GRÁFICOS

Os gráficos continuam no mesmo patamar do segundo jogo da série, que teve uma melhora significativa em relação ao primeiro. O visual do game mudou muito, como a adição de água , roupas bem mais definidas tanto de Ezio quanto dos NPC's, uma multidão pelas ruas, efeitos de fumaça e névoa, texturas bem melhores, dentre outras coisas.

Nota: 9

AUDIO

Vozes em italiano muito bem arranjadas, está praticamente perfeito a alteração do tom de voz.
A música, embora ligeiramente repetitiva, representa bem o estilo de jogo, dando um ar misterioso ao jogo, e que incentiva a exploração.

Nota: 9

JOGABILIDADE

A jogabilidade é a mesma do game anterior incluindo algumas possibilidades como andar a cavalo por dentro das cidades, criar uma “Fraternidade”, ou seja, treinar assassinos e montar seu próprio grupo. Depois de recrutados você pode dar missões a eles fora da cidade de Roma, mesmo em outros países como Portugal e Espanha e o cumprimento das missões faz com que ganhem pontos de experiência para aumentar diversos quesitos. Ou chamar quando quiser para assassinar algum inimigo, ou vários ao mesmo tempo. O game também traz outras possibilidades, mas na área financeira, como poder reformar e abrir lojas e Bancos poder comprar locais abandonados, prédios vazios para usar como base dos Mercenários, dos Ladrões ou das "Cortesãs", e ainda comprar monumentos históricos. Imagina ser dono do Coliseu de Roma?. O jogador pode investir um valor em qualquer loja, e esperar o resultado depois de um tempo. Existem lojas de roupas, armamentos, antiguidades e médicos.

Nota: 10

NOVIDADES

1-Existe uma nova mecânica chamada "assassinato em seqüência". Ao eliminar um adversário ele pode acabar com outro que esteja com a guarda aberta. Para iniciar o combo, basta apontar para a direção do indivíduo e apertar o botão de ataque, depois fazer o mesmo no outro soldado.

2-A cidade de Roma é gigantesca e Ézio pode ser o dono de tudo na região: das lojas aos estábulos até marcos históricos como o Coliseu e as catedrais. Todo o lucro gerado por esses locais são depositados na conta do assassino, depois de algum tempo basta ir ao banco e fazer um saque e continuar a expandir os negócios.

3-Os cavalos poderão agora entrar nas cidades, tendo um papel importantíssimo na criação de assassinatos, combates e seqüências de fuga.

4-Novas armas como besta, dardos envenenados, pára-quedas, avançadas máquinas voadoras e mini canhões.

5-Modo Multiplayer: a Ubisoft caprichou para que a modalidade se integrasse com o mundo de "Assassin's Creed". Cada usuário tem um alvo e esse alvo está no meio da multidão. Cabe aos jogadores seguirem as pistas e a indicação da bússola para encontrar a pessoa certa. Os pontos ganhos trazem experiência e elevam o nível do seu personagem. Outro modo de jogo é quando oito jogadores são divididos em duas equipes e, trabalhando juntos, devem completar vários contratos sem serem mortos pelo grupo adversário.

Os personagens são: Cortesã, Caçador, Barbeiro, Padre, Carrasco, Banqueiro, Doutor, Mercadante, Soldado e o Ferreiro

Nota: 10

 

CONCLUSÃO

Complementa algumas lacunas deixadas pelos títulos anteriores. O modo multiplayer é um passo na direção certa e a franquia Assassin’s Creed ganha muito com a nova modalidade de jogo. Com uma melhor mecânica, história interessantíssima e um multiplayer único, "Assassin's Creed: Brotherhood" não é uma mera expansão de "Assassin's Creed II", é na verdade o melhor jogo da série. Tudo foi pensado para criar uma experiência muito mais profunda para os fãs. Entretanto, os recém-chegados precisam jogar o game anterior para se familiarizarem com os conceitos, enredo e personagens secundários. Ainda assim, "Brotherhood" mais do que um bom jogo, é um dos melhores games de ação do ano.

PS: Se vocês não tiveram paciência para ler, não deixem de ver os vídeos que eu garanto que vão se interessar pelo jogo.

VÍDEO (TRAILER)

VÍDEO (GAMEPLAY)

Esta matéria foi feita com muito carinho e espero mesmo que vocês tenham gostado.

Obrigado pela atenção e a paciência.

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
Renato12 em 23/01/2012 10:05
Tenho esse jogo e gostei muito.
0 / 0
KakarotAW em 11/12/2011 20:49
quando eu zerar os outros assassin's creed eu irei comprar e zerar esse
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Leia também
Por: sergio sampa
Assassin's Creed: Brotherhood | PC | Playstation 3 | Xbox 360 | 05/05/2011 16:53:02 2 / 1
Por: sergio sampa
Assassin's Creed: Brotherhood | PC | Playstation 3 | Xbox 360 | 03/05/2011 16:35:18 1 / 0
Por: Matt
Assassin's Creed: Brotherhood | Playstation 3 | 27/04/2011 17:07:16 1 / 0
Ficha técnica
Gênero:
Ação
Lançamento:
16/11/2010
Desenvolvedor:
Ubisoft
Distribuidor:
Ubisoft
Plataforma(s):
PS3360PC
Se um assassino já dava trabalho para meio mundo, imagine uma irmandade inteira deles. Esse é Assassin's Creed: Brotherhood que traz de volta Ezio de Firenze, protagonista do segundo jogo da série.
9.0
9.4
Quem já curtiu isso
Estamos no Facebook