Análise de Call of Juarez - Gunslinger

Call of Juarez: Gunslinger | 27/05/2013 14:15:15 1 / 0

"Juarez Chama - Lançador de Pistolas" foi lançado na semana passada para Xbox 360, PS3 e Steam apenas em mídia digital.

Para tentar esquecer o horrendo "CoJ: The Cartel", que tinha um ambientação atual, Gunslinger volta ao tema clássico da série, o bom e velho Velho Oeste (desculpe o trocadilho).

Bang! Bang! Bang!

Primeiramente, o jogo foi lançado por um preço muito bom, cerca de R$30,00 e existe somente em mídia digital. Mas isso não significa que ele não tenha o mesmo peso de um "grande título".

Para nossa alegria, Gunslinger foi localizado e tem legendas em português. Com certeza, o fator imersão foi amplificado com essa ação da produtora do game, a Ubisoft.

São três modos de jogo: História, Arcade e Duelo. No modo História você joga com Silas Greaves, um caçador de recompensa que persegue criminosos por dinheiro. Ele conta suas principais histórias e você pode jogá-las em 14 fases.

Personalidades históricas estão no game! E falando em português!

As missões durante as fases são variadas, simples e divertidas. Ou seja, você não vai ficar entediado durante o jogo. O modo Arcade tem missões mais curtas, no entanto, mais difíceis.

Por falar em dificuldade, eu gostei da inteligência artificial do game, os inimigos aparentam estar sempre se antecipando ao que eu tento fazer, pelo menos nas dificuldades mais elevadas.

Durante o jogo, você pode acionar o modo de concentração, o famoso bullet time, que permite ver os inimigos em câmera lenta e matá-los mais facilmente. Ao matar certo número de inimigos, você habilita a opção de desviar de um tiro que poderia ter sido letal e, em seguida, recuperar a vida. Isso é muito útil, principalmente durante em tiroteios que você está sozinho.

O modo Duelo simula aqueles famosos duelos de filmes de bangue-bangue. O modo como se joga é muito divertido e funciona bem. Durante o modo História você enfrenta os maiores inimigos usando essa mecânica também.

Graficamente, o jogo é agradável. Possui um estilo cell-shading mesclado com gráficos realistas. A física não é das melhores, mas não decepciona. Mesmo assim, esse ponto poderia ter sido mais bem trabalhado, principalmente nas mortes dos inimigos. Eles nem sempre caem de forma realista, interagindo com o que está no cenário.

Pistoleiro veloz? Rasga Bucho? Racha Cuca? Ou Pepe?

Call of Juarez - Gunslinger é um bom game. Level 9 horas para terminar a campanha, mas há quem consiga terminá-lo em menos tempo. É um jogo para jogar descompromissadamente, ele diverte e consegue ser muitas vezes melhor que o jogo anterior, o patinho feio da série.

Eu recomendo o jogo e, pelo preço, vale ainda mais a pena tê-lo. Deixe de ser pirateiro e compre-o!

NOTA: 8.0

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
kurosaki Ichigo em 29/05/2013 07:22
eu vi o trailer do game outro dia e digo, não parece ser um game impressionante não, o personagem anda no meio do tiroteio e nem sofre dano, eu joguei os dois primeiros que lançou e só o primeiro era bom, o segundo foi uma decepção total, e esse ai pelo vídeo ta indo pro mesmo caminho, os gráficos estão bons, mais se for para eu andar no meio do fogo cruzado e não morrer que graça tem matar inimigo com facilidade.
0 / 0
MarcosMaranhao em 27/05/2013 17:55
rasga bucho kkkkkkkkk curti
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Ficha técnica
Gênero:
FPS
Lançamento:
22/05/2013
Desenvolvedor:
Techland
Distribuidor:
Ubisoft
Plataforma(s):
PS3360PC
Quarto game da série retorna ao estilo Western e faz bonito em mídia digital
8.0
n/d
Quem já curtiu isso
Estamos no Facebook